Com o objetivo de ajudar moradores de Belo Horizonte e região, em situação de risco e vulnerabilidade social, que perderam suas rendas e ficaram impossibilitados de trabalhar por causa do coronavírus, um grupo de empresários da Capital criou a Com(vida)20.

Trata-se de uma campanha on-line para arrecadar fundos e levar esperança a essas pessoas. As doações serão feitas por meio da plataforma de investimento, Vangardi.

A seleção dos beneficiados acontecerá com o apoio do projeto de inclusão social Fundo Beagá, que vai adquirir e distribuir cestas básicas. A cada uma delas será adicionado um kit de limpeza com itens essenciais, doados pelo Grupo Super Nosso.

No primeiro momento, os favorecidos serão moradores das comunidades e aglomerados da Vila Cemig, Vila Antena, Dandara e Zilah Spósito. Mas o intuito dos organizadores da campanha é ampliar essa lista.

“O Fundo Beagá também ficará responsável por adquirir, com o valor arrecadado na ação on-line, as cestas básicas e os itens de higiene pessoal para essas famílias. E ainda cuidará da distribuição desses mantimentos e produtos”, explica um dos idealizadores da ação, Rodrigo Oliveira, CEO da Vangardi.

Segundo o executivo, com essa iniciativa, eles esperam contribuir para que as pessoas sigam as orientações das autoridades de saúde e tenham um sustento nesse momento tão difícil.

“Sabemos que é essencial manter o isolamento para conter a pandemia, no entanto, nos preocupamos com a paralisação das atividades e as consequências disso para a vida das pessoas. Por isso queremos engajar o máximo de empresas e pessoas e potencializar ações que gerem impactos positivos e reais na nossa cidade”, ressalta.

Rodrigo explica que ao utilizar a plataforma Vangardi será aplicada a lógica do financiamento coletivo para a solidariedade. “Apesar de não haver um valor mínimo para doação, a possibilidade de reunir uma grande quantidade de doadores permite uma arrecadação volumosa, capaz de alcançar muitas pessoas”, destaca.

Ele acrescenta que a meta inicial é levantar aproximadamente R$ 75 mil nessa primeira campanha.  “Mas, quanto maior for a arrecadação, mais famílias poderão ser beneficiadas e esse é o nosso objetivo”, enfatiza.

Um dos apoiadores da iniciativa é o CEO da Partners Comunicação Pro Business, Dino Bastos. Para o empresário, essa é uma forma de amenizar o impacto econômico e social em Belo Horizonte e na região metropolitana trazido pelo coronarvírus.

“Com essa corrente do bem esperamos superar esse momento difícil que todos estão vivendo e ainda preparar a cidade, as empresas e as pessoas para a retomada que deverá acontecer em breve”, afirma.

O projeto Com(vida)20 conta ainda com o apoio da Evoé, Filadélfia, Greco Design,e outras organizações.

Artigos Relacionados